Mestres da Beleza

Vidal Sassoon é uma lenda do hairstyling. Um mestre cabeleireiro que ajudou a revolucionar os anos 60.

Antes de Sassoon, as mulheres estavam presas a penteados ornamentais que demandavam muitos cuidados e preparação. Há mais de uma década o New Look de Christian Dior ditava as regras da estética feminina. Saias com muitos tecidos, looks acinturados e penteados volumosos ao estilo bolo de noiva eram o que a sociedade referenciava como puro luxo. As mulheres precisavam de muito tempo para estarem prontas, e tudo com muito spray de cabelo, grampos e escovas.

Sassoon veio para libertar e revolucionar! Mulheres com cabelos lisos cortados bem curtos, e de forma assimétrica, começaram a desfilar pelo mundo com suas mini saias e botas de cano longo. Era um novo mundo e Vidal Sassoon ajudou a construí-lo.

Em 2010 Vidal encerrou sua magnífica história aos 84 anos. Hoje seu legado vive na Academia Vidal Sassoon, e nos salões que levam o seu nome

A importância de Lluís Llongueras para o universo da beleza é indiscutível! É um dos pouquíssimos cabeleireiros do mundo a receber o prêmio Internacional Legend Award, o Oscar para profissionais da beleza.

Nos anos 50, Llongueras uniu clientes femininos e masculinos em seu salão, e casou furor em uma sociedade espanhola tradicional e extremamente fechada.

Foi parceiro criativo de Salvador Dalí, artista surrealista que influenciou o trabalho de Llongueras. Com cortes assimétricos revolucionários, Lluís conquistou o mundo!

Entre os anos 70 e 80, seu estilo criativo e único ditou moda e comportamento. Suas tesouras criavam para mulheres fortes, com feminismo e empoderamento.

Llongueras criou um império de salões, e ensinou vários outros profissionais a serem verdadeiros artistas.

O italiano Toni Mascolo junto com seu irmão Guy, fundaram uma das mais icônicas marcas de salão de beleza do mundo, a Toni&Guy.

Toni tinha um talento empreendedor nato. E logo identificou como o mercado de salões funcionava. Mascolo percebeu que os aprendizes saíam dos salões depois de um tempo para abrir seus próprios negócios. Esse sistema aumentava a concorrência, e Toni percebeu que poderia tirar proveito.

Passou a oferecer franquias para os novos cabeleireiros. Assim eles teriam o nome Tony&Guy e poderiam atrair clientes, aumentando rendimentos e lucros. Essa ideia de Toni revolucionou o mudo da beleza. Logo começaram os desfiles para exibir penteados e transformar tudo em um grande show. Mascolo era o rei do marketing e sabia como vender sua marca.

Hoje o nome Toni&Guy é um império de salões. E possuem um premiadíssimo sistema de ensino em academias espalhadas pelo mundo.

Mary Kay Ash foi uma das mulheres mais influentes do século 20. Com inteligência e talento para os negócios, Mary Kay conquistou espaço em um mundo feito para homens.

Casou-se muito jovem, e com a ausência de seu marido durante a Segunda Guerra Mundial, passou a vender livros de porta em porta para manter sua casa e seus filhos. O talento de Mary Kay para vendas era evidente. Foi uma mulher forte e decidida, e não se abateu ao se divorciar. Mulheres separadas eram vistas com preconceito, mas isso não a impediu de alcançar seus objetivos. A bem sucedida experiência em vendas a levou para uma grande empresa. Ali Mary Kay passou a treinar equipes de vendedores a nível nacional, tamanho era seu talento!

Mas em um período onde preconceito e machismo eram comuns, Mary Kay descobriu que para vencer, teria que arriscar! Renunciou sua posição como diretora de treinamento nacional quando um homem, treinado por ela, foi promovido a um cargo menor com o dobro do seu salário. Ela percebeu que ser mulher em um ambiente empresarial, era lutar todos os dias para provar seu próprio valor. E foi o que Mary Kay fez!

Decidida a ajudar outras mulheres, Mary Kay estava nadando como campeã nas ondas do feminismo da segunda metade do século 20. Com toda sua experiência em vendas, escreveu um livro para mulheres que gostariam de trabalhar, assim como ela. E em 1963, com uma economia de 5 mil dólares, Mary Kay Ash criou a Beauty by Mary Kay.

“Vislumbrei uma companhia na qual qualquer mulher poderia ter tanto sucesso quanto desejasse. As portas estariam abertas às oportunidades para as mulheres que estiverem dispostas a pagar o preço, e tiverem coragem para sonhar.”

Hoje, mais de 1,8 milhão de Consultoras de Beleza Independentes estão espalhadas pelo mundo. Mary Kay Ash continua inspirando e fortalecendo as mulheres, para que elas façam grandes coisas. Porque o mundo, de fato, é delas!

O nome de Madam C.L. Walker é sinônimo de luta e coragem. Walker é reconhecida como a primeira mulher preta milionária da América, construindo um império totalmente do zero.

A história emocionante de Madam começa em 1867, logo após a abolição da escravatura. Diferente de Walker, toda sua família sofreu com a escravidão.

Após uma infância extremamente difícil, Madam casou-se e logo teve uma filha. Não demorou muito e seu marido faleceu.

Ser mãe solteira, ter relacionamentos abusivos, passar por trabalhos braçais extremamente pesados, sentir fome, e sofrer com preconceito não pararam Walker. O que chegou perto disso foi um problema de saúde que quase a deixou careca, afetando em muito sua autoestima.

Ao pesquisar sobre tratamento, que era algo raro na época, Walker encontrou um produto que a ajudou a recuperar seus cabelos. Extremamente feliz com os resultados, decidiu trabalhar para a fabricante, vendendo o produto de porta em porta. Com o tempo, Walker identificou uma necessidade no mercado de beleza para mulheres pretas, que encontravam dificuldades para comprar produtos específicos para cabelos afros.

Com base no tratamento que vendia, Walker desenvolveu uma formula própria. Foi um sucesso! E logo começou a vender pela cidade. Não demorou muito e passou a enviá-los por correspondência para cidades vizinhas. Outras mulheres se beneficiaram, e se tornaram revendedoras do tratamento de Walker. Madam capacitou mulheres pretas que buscavam independência financeira, inserindo-as em seu negócio que crescia cada vez mais.

Além do tratamento inicial, passou a investir na fabricação de shampoos, cremes e acessórios para cabelo. Hoje os produtos com o nome de Walker são vendidos exclusivamente pela gigante francesa Sephora.

Em vida Madam C. J. Walker conquistou a América, e depois, o seu legado conquistou o mundo.

Ieda Maria Vargas foi a primeira brasileira a ganhar o Miss Universo, em 1963. A importância desse prêmio para os brasileiros foi tamanha, que hoje Ieda é considerada uma das personalidades que marcaram os anos 60 em nosso país.

Em uma época em que concursos de beleza eram tão populares quanto jogos de futebol, Ieda retornou dos Estados Unidos como símbolo de uma nação. Sua beleza e carisma eram difíceis de se negar, tanto que chegou a receber convites para estrelar filmes em Hollywood. Mas em entrevistas, Ieda conta que tudo o que queria era casar e ter filhos. Uma vida muito mais tranquila do que a vida cheia de glamour das misses.

Ieda Maria Vargas é um ícone rio-grandense, que ajudou a difundir a beleza da mulher gaúcha pelo país.

O gaúcho Duda Molinos foi um dos primeiros profissionais de beleza a ganhar status de celebridade. Com 54 anos de idade e mais de 30 de carreira, o trabalho de Molinos fez história no mundo da moda brasileira. Por muitos anos ficou conhecido como o maquiador das estrelas.

Mas ele era muito mais do que isso. Com seus pincéis de maquiagem, Molinos transformava qualquer mulher em um verdadeiro espetáculo. Era um mestre da beleza e um verdadeiro artista.

Sua arte foi eternizada em desfiles, editorais de moda, e em campanhas publicitárias. Duda Molinos ajudou a dar espaço e visibilidade para profissionais como maquiadores, cabelereiros e consultores de estilo. A Curitiba BeautyHair agradece a esse grande mestre. O nosso muito obrigado!

A primeira Miss Brasil preta foi eleita somente em 1986, com a vitória da belíssima Deise Nunes.

O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro que mais possui títulos de Miss Brasil, totalizando 14 vitórias. A força desse estado é enorme quando o assunto é beleza. Foi de lá que saiu a primeira Miss Universo brasileira, e também a primeira Miss Brasil preta, Deise Nunes.

Em um país feito de pretos, é triste perceber que por muitos anos a beleza da mulher afrodescendente foi colocada em segundo lugar. Mas não para Deise, que saiu vitoriosa e abriu portas para tantas outras meninas, que como ela, conquistaram seus títulos em concursos pelo Brasil.

A verdadeira beleza brasileira é a beleza da mulher preta.

Você sabe quem foi a PRIMEIRA MICROPIGMENTADORA do Brasil?

👉🏻 Falar em micropigmentação nos dias de hoje é comum, e muitas mulheres já fizeram uso desta técnica. Mas houve um período em que micropigmentação era novidade! 🔍

[O DESPERTAR PARA A ESTÉTICA ☀️]
Aos 13 anos, Magda Martins tem em mãos o primeiro lápis de sobrancelha. O traço delicado e apurado chama atenção de todos. Tempos depois, ao fazer a primeira limpeza de pele com uma esteticista, Magda se encanta pelo universo da beleza. Não teve jeito! O destino decidiu! Magda iria estudar para ser uma profissional.

[A NOVIDADE NOS ANOS 80 🎉]
No Brasil dos anos 80, micropigmentação era um assunto desconhecido. Poucas pessoas sabiam do que se tratava. Magda sentiu identificação quando soube do procedimento, mas não encontrava informações a respeito. Foi com um tatuador que Magda buscou aprender as primeiras técnicas.

[AS CORES DE MAGDA 🌈]
Para cada tipo de pele há um pigmento. E Magda criou os tons corretos que são utilizados até hoje pelos profissionais de micropgmentação. Magda é uma artista que pintou o próprio sucesso!

Foi a pioneira! Hoje a Mag Estética é a maior escola de micropgmentação do país. É mais do que um centro de ensino. É uma família!

Preta, maquiadora, empreendedora, uma das pessoas mais influentes do mundo segundo a revista Time, e agora também com o título de Dama concedido pela Rainha Elizabeth. Pat McGrath é tudo isso e muito mais!

Uma das maiores honras que um inglês, ou inglesa, pode receber em vida é um título concedido diretamente pela rainha Elizabeth. E Pat McGrath conseguiu! É reconhecida como um dos maiores ícones de beleza no Reino Unido. Fato é que o título de dama nunca havia sido entregue para uma maquiadora. Pat McGrath entrou para a história.

O talento pela maquiagem veio com a mãe. Desde muito nova, Pat era incentivada a pensar em cores e tendências. Brilho, sombras, batons, tudo se torna matéria prima para suas criações artísticas. Enquanto muitos utilizam apenas um tom de base, Pat mistura vários para encontrar o ideal. E é assim com tudo. É um trabalho autoral.

Pat iniciou sua carreira maquiando músicos e pessoas influentes, para em seguida assinar editoriais de moda. O sucesso veio tão rápido que em poucos anos já dominava a indústria de maquiagem na Inglaterra, e hoje o seu nome é uma das marcas mais imponentes no mercado de beleza mundial.

Georgiy Kot é um hair stylist que levou os penteados para outro nível: o da arte!

Com penteados cheios de projeções e técnica, Kot conquistou o mundo com sua simpatia e talento. Russo de nascimento, mas com vivência internacional, é um dos profissionais mais requisitados para criar looks incríveis, como os que vemos nas atrizes em premiações.

Rainhas, princesas, primeiras damas, e toda a elite russa se curva para a arte de Georgiy Kot. Em seu currículo estão quase todos os principais prêmios de penteados artísticos do mundo. Kot é vencedor em todos. É um daqueles profissionais que basta você olhar para a criação para reconhecer o criador.

Kot é o rei do hair style, e um verdadeiro deus mítico dos penteados.

No Brasil dos anos 50 e meados de 60, a moda nacional nascia dentro da Casa Canadá. Um centro de estilo e elegância da elite brasileira. Mas nesse período, quase tudo era uma reprodução do que acontecia de melhor na Europa e nos Estados Unidos.

Foi com o trio Zuzu Angel, Dener Pamplona e Clodovil Hernandes que o Brasil ganhou de verdade uma moda autoral e representativa.

No final dos anos 60 e começo dos anos 70, o país vivia a Tropicália, um movimento artístico que buscava criar uma arte conectada com a cultura e com o povo. Esse tropicalismo influenciou a música, o cinema, a literatura, as artes plásticas e diversos outros segmentos.

A moda da época se distanciou das revistas e passou a servir diretamente aos desejos das clientes, conversando com a vida urbana daquele momento. Clodovil costurava sobre medida, e ajudou a lançar o que hoje chamamos de moda nacional.

Suas criações eram caracterizadas pelo excelente acabamento. A costura muito bem elaborada, com técnicas de alfaiataria usando tecidos nobres, era a assinatura do costureiro. Clodovil tinha preferência por criar peças estruturadas para regiões como busto e cintura, e cortes com tecidos fluidos para saias e vestidos.

Clodovil Hernandes ensinou a pensar a moda de uma forma bem particular, e de preferência bem brasileira.

O começo do século 20 foi a era de ouro da beleza europeia. Paris era a capital mundial da ciência, da moda e das artes. A Belle Époque francesa produziu pensadores e artistas incríveis, e todos queriam brilhar.

As mulheres nesse período começaram a se queixar com o envelhecimento, e procuravam produtos para disfarçar sinais como rugas e cabelos brancos. O jovem químico Eugène Schueller, percebendo esse desejo de beleza eterna, começou a formular colorações para cabelos. E elas foram um sucesso de vendas!

O pensamento crítico e apurado de Eugène Schueller o ajudou a dirigir o seu negócio de forma exemplar. Pediu para amigos publicitários para melhorar o nome da sua empresa, que deveria ter sonoridade e de fácil memorização. Foi então que surgiu a L’Oréal.

Eugène também foi um dos primeiros a investir em propaganda de forma eficaz. Nos anos 30, eram comuns anúncios vendendo produtos pelo rádio. Eugène pediu para criarem anúncios cantados ao invés de falados. Foi um dos primeiros a utilizar jingles na publicidade.

Possuía um senso muito apurado para marketing, o ajudando a transformar a empresa em um grande império. Hoje a L’Oréal é uma gigante que investe em tecnologia a serviço da beleza, assim como fazia Eugène Schueller a um século atrás.

O alemão Franz Ströher, criador da Wella, foi um cabeleireiro inovador do século 19. Naquele período, a França continuava a ser o centro cultural da Europa. E para muitos jovens daquela época, ir a Paris era um objetivo de vida.

Ainda rapaz, Franz viveu na capital francesa e aprendeu bastante com os grandes mestres. Diferente da Alemanha, onde o ofício era visto de forma mais sóbria, ser cabeleireiro na França começava a ser visto como uma profissão mais estética e menos funcional.

A partir dos anos 1870, os penteados femininos começaram a ficar cada vez mais elaborados. A moda dos apliques atingiu em cheio as mulheres daquele período. Franz já possuía experiência familiar com renda, e teve a brilhante ideia de forrar perucas e apliques com tule, proporcionando conforto e maior segurança ao serem usados.

Essa invenção foi um sucesso!

O tempo passou, e o estilo dos penteados também! Em 1920, os cabelos femininos ficaram curtos e retos. Franz e seus filhos tiveram a ideia de desenvolver um permanente capilar que pudessem dar curvas aos fios curtos, criando um look mais sensual e feminino.

O mundo se curvou a essa ideia. E Franz se rendeu ao sucesso e nomeou sua empresa de Wella, que em português significa ondas. Como as dos cabelos que o seu produto criava. E como as ondas, a Wella continua fluindo cada vez maior e mais forte. Sempre trazendo inovação e tecnologia.

Imagine viver em um mundo sem produtos específicos para cabelo. Se hoje, com toda a tecnologia disponível nós ainda nos debatemos com cabelos ressecados, ou danificados, pense como era no começo do século passado! E de forma bem perspicaz, Hans Schwarzkopf identificou essa necessidade no mercado.

Hans era químico, e em 1898 abriu uma pequena farmácia em Berlim, na Alemanha. Percebendo os gastos constantes com cuidados pessoais, Hans decidiu criar um sabão diferente.

Naquela época, para lavar a cabeça era preciso recorrer às barras ásperas de sabão. Em 1903, Hans desenvolveu um sabão em pó solúvel em água, que podia ser utilizado no banho. Isso facilitou a limpeza do couro cabeludo sem deixar resíduos.

O sucesso foi estrondoso! A invenção de Hans Schwarzkopf revolucionou o mercado.

Infelizmente, Hanz faleceu em 1921 e não conseguiu ver a evolução do seu produto. A marca que leva o seu sobrenome, Schwarzkopf, que em português significa literalmente “cabeça preta”, lançou em 1927 o primeiro shampoo líquido do mundo! E um pouco mais tarde, em 1933, a marca lançou o primeiro shampoo alcalino. O pai de todos os shampoos modernos.

Sem a invenção de Hans Schwarzkopf a indústria da beleza seria bem diferente.

Você sabe COMO SURGIU A AVON?

👉🏻 David H. McConnell criou um dos maiores sistemas de vendas do mundo!🌎

David era um vendedor de livros, e saia de porta em porta em busca de seu sustento diário. Muitos não o recebiam, ou não queriam ouvir sua proposta. Foi então que David decidiu inovar.

[UMA MENTE CRIATIVA 💡]
Pensando como fazer para que os clientes o recebessem, David decidiu oferecer um presente. Ele desenvolveu uma fragrância de rosas e a entregou como brinde. Se os clientes decidissem ouvir a proposta de venda, ele entregava a fragrância. E essa tática funcionou!

[SUCESSO DE VENDAS 💰]
As clientes gostaram muito da fragrância que David criou. E começaram a pedir apenas o perfume. Logo outras mulheres da cidade souberam da criação com cheiro de rosas, e também queriam uma amostra. Não teve jeito! David trocou de ramo em 1886 e passou a vender perfumes.

[A PRIMEIRA REVENDEDORA 🙋‍♀️]
Florence Albee foi a primeira revendedora das fragrâncias de David. Com as vendas aumentando, Florence convidou outras amigas para fazer parte do negócio. Em poucos anos, a empresa de fragrâncias de David estava presente em todos os Estados Unidos, e em 1929 muda o nome para AVON.

Hoje a marca é um império. E tudo por conta do sonho e da criatividade de David H. McConnell. Vender é muito mais do que oferecer um simples produto, é oferecer aquilo que o cliente realmente precisa. E David sabia disso!

Você sabia que o Brasil já teve uma RAINHA? GUERREIRA E PRETA?

👉🏿 A De Benguela é uma marca inspirada na rainha preta Teresa de Benguela, que reinou no Quilombo de Quariterêre no Mato Grosso.👑

[DE BENGUELA 🥇]
A marca é a primeira empresa no Brasil especializada em texturas de cabelo crespo natural para alongamento e aplique.

[O EMPODERAMENTO 💪🏿]
Thais Ramos é a criadora da De Benguela. A sua experiência de vida a motivou a criar o que é hoje um símbolo de empoderamento para mulheres pretas.

[THAIS RAMOS ☀️]
Thais sempre possuiu um cabelo crespo muito bonito e volumoso. Mas desde pequena o alisava. Esse processo de alisamento químico a acompanhou até a idade adulta. Por anos e anos os produtos acabaram com os seus fios, e Thais se encontrou diante do fim. Precisaria mudar ou seu cabelo estaria condenado. Ao pesquisar por soluções, Thais descobriu as aplicações de alongamentos de cabelos crespos. Foi a salvação!

[A RAINHA GUERREIRA 👑]
A mãe de Thais sonhou com a rainha preta Teresa de Benguela que governou o Quilombo de Quariterêre. Teresa foi uma rainha guerreira, que após a morte do marido, comandou sozinha por 20 anos a população do quilombo. Eles resistiram juntos à escravidão e à morte. Por conta do sonho, Thais decidiu homenagear a rainha.

[DEVOLVENDO A AUTOESTIMA ❤️]
A marca De Benguela devolve a autoestima para mulheres, que assim como Thaís, tiveram os cabelos danificados por anos de maus tratos. O negócio oferece alongamentos clássicos, como mega hair e perucas, e outros mais inovadores. Tudo feito com cabelos 100% naturais.

Thaís enfrentou um problema pessoal que a fez decidir mudar de vida. E essa decisão ajuda hoje milhares de mulheres a recuperarem o amor por si mesmas. O empreendedor é aquele que transforma uma crise em oportunidades, assim como Thais, uma verdadeira mestra da beleza.

Você sabia que 2021 é o ANO DO RENASCIMENTO DA ESTÉTICA?

👉🏻A pandemia do Covid-19 impossibilitou que muitos profissionais da estética continuassem a trabalhar.🚫

Alguns métodos de atendimento precisam ser renovados. Estamos entrando em uma nova era de tecnologia a serviço da beleza.

[RAIZES SÓLIDAS 🌳]
Dr. Hugo Turovelzky possui um currículo invejável. Argentino naturalizado brasileiro, é doutorando em ciências biomédicas pela IUNIR, na Argentina. Dr. Hugo foi um dos primeiros profissionais a introduzir a nível mundial os tratamentos de crioterapia termal, e da ginástica modeladora isométrica.

[GUARDIÃO DA ESTÉTICA 👑]
Dr. Hugo tem o respeito e a admiração dos profissionais da área da beleza, como esteticistas, biomédicos e médicos. Atualmente é a voz da estética no Brasil. É diretor do site “Beleza Today”, o primeiro portal dirigido exclusivamente aos profissionais de beleza. Também é presidente do 15° Congresso Internacional de Estética e Cosmetologia, que se realizará de 20 a 23 de novembro de 2021 em São Paulo.

[VISÃO DE FUTURO ✨]
O ano de 2021 é um ano de renascimento para a estética. É preciso repensar o atendimento, os procedimentos, e o mais importante, é preciso repensar a nossa própria visão de beleza. Durante o Congresso Internacional que acontecerá esse ano em São Paulo, Dr. Hugo Turovelzky e diversos outros profissionais renomados da área irão pensar juntos nessa nova visão de futuro.

A vida é um ciclo de evolução e aprendizado. O conhecimento de ontem pode não servir para o amanhã. Se preparar é preciso. E nós queremos que esse futuro seja tão brilhante quanto a carreira do Dr. Hugo Turovelzky!

Você conhece Dener Pamplona, o MAIOR ESTILISTA do Brasil?

👉🏻Dener Pamplona fez sucesso em uma época em que os modistas reproduziam apenas o chegava da Europa. ✂️👗

[QUEBRANDO TABUS 🔨]
Nos anos 50 e parte dos 60, a casa Canadá trazia as coleções dos principais estilistas de Paris. Era uma moda refinada e estruturada. O costureiro brasileiro se via obrigado a reproduzir as peças de outros criadores para sobreviver. Dener foi o primeiro a vender uma moda autoral de alta-costura.

[FURACÃO DENER PAMPLONA 🌪️]
Dener morreu muito jovem, e o tempo que passou pela moda foi o suficiente para revolucionar! Dener ditava tendência.

[ESTILO INTERNACIONAL 🌎]
Dener criava roupas para ópera, teatro, cinema, casamentos, e qualquer evento que necessitasse de uma bela apresentação. O estilo era internacional. Dener seguia a moda que chegava de fora, e a adaptava para a realidade da mulher brasileira.

“Eu ensinei a mulher brasileira a se vestir no Brasil, quando era cafoníssimo uma mulher de bem não se vestir em Paris.”

Dener foi um estilista brasileiro como nenhum outro. Inventou moda e se tornou moda.

Compartilhe:

Curitiba Beauty Hair

Curitiba Beauty Hair

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nas redes

Postados recentemente

Receba as últimas atualizações

Se inscreva em nossa newsletter

Sem spam, apenas novidades sobre tendências e negócios de beleza.

Artigos relacionados