Notícias - Escova progressiva: o que você deve saber

Se você perdeu as lições e tendências em cosméticos da última edição da Feira Curitiba Beauty & Hair, que trouxe os maiores experts em beleza e cabelos a Curitiba, deixou de conhecer e se aprofundar nas técnicas do mercado, mas tudo bem, logo teremos mais uma vez este super evento na cidade e você poderá participar e aprender muito, sobre tudo do setor, inclusive sobre um dos temas mais procurados pelos profissionais cabeleireiros e clientes dos salões: a escova progressiva! E é dela que vamos falar hoje, vem com a gente:

A escova progressiva é realizada sob diversos nomes ligados à fragrância e teor alisante dos produtos químicos (marroquina, de chocolate, leite, mel, etc) e não necessita nenhuma atenção especial prévia de quem busca realizá-la (a não ser aguardar uns dias caso a cabeleira tenha sido pintada ou passado por relaxamento). Esse processo é assim chamado, pois costuma melhorar o resultado a cada sessão de aplicação; ele reduz o volume e o frizz, além de alisar os fios, indicado para aqueles com cabelos volumosos e crespos e não recomendado aos fios afro, oleosos, couro cabeludo sensível e mega hair (alongamento), pois há maior probabilidade de dano capilar. Recado às grávidas: evitar!

Importante: Cabelos fragilizados e danificados devem passar por avaliação e recuperação antes da escova progressiva.

Como procedimento, costuma-se secar os fios depois de lavá-los com um shampoo de limpeza profunda, para que então seja aplicado na raiz e comprimento (as pontas são evitadas) o produto rico em queratina, que abre a estrutura capilar, e para que a chapinha (com uma temperatura máxima de 200° C, de outra forma o cabelo será queimado) seja usada visando o efetivo alisamento e fechando novamente o fio; em seguida enxagua-se e a máscara de tratamento é utilizada para dar fim ao processo.

Atenção: não se usa mais o formol para este tratamento, devido a seu efeito nocivo aos cabelos e à saúde, portanto, verifique bem as embalagens dos produtos antes de usá-los. A orientação especializada profissional é importante, pois a quantidade de elementos químicos ligada à escova progressiva é grande!

Após a escova progressiva, quanto mais forem lavados os cabelos, e quanto mais limpante o shampoo, mais rápido se anulará seu efeito, no entanto, você pode considerar entre três e cinco meses de alisamento, e normalmente repete-se a sessão quando a raiz já aparenta crescimento e não é mais lisa.

A escova progressiva não hidrata, então é interessante que os cabelos tenham a cauterização, hidratação e lavagem com bastante condicionador sempre em dia após o procedimento, pois ele resseca as pontas dos cabelos e pode deixar os fios elásticos. Quanto ao tingimento ou descoloração dos mesmos, estes devem ficar para depois de um tempo.

Curiosidade: cabelo « virgem » não se beneficia da escova progressiva, pois seu produto não consegue penetrar satisfatoriamente o fio.

Agora você já sabe mais sobre a famosa escova progressiva. Fique de olho em nosso site e redes sociais para não perder nada do maior evento de beleza. Esperamos por você na Feira Curitiba Beauty & Hair em agosto!

COMPARTILHAR